Projeto auxilia haitianos com o idioma e a legislação brasileira

Ação é uma parceria da Secretaria de Assistência Social e a Universidade do Contestado
Por Christian Hacke
22/09/2021 08:18

No último sábado foi realizado o primeiro encontro do projeto Inserção dos Haitianos na Sociedade Rio-negrinhense. A ação é idealizada pela equipe do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e organizado em parceria com a Universidade do Contestado. A ideia é realizar palestras com temas sobre legislação trabalhista, Estatuto da Criança e do Adolescente e as documentações necessárias para permanência de estrangeiros no país, além de atividades para desenvolver habilidades com a língua portuguesa.

Conforme Marceli Krüger, secretária de Assistência Social, as atividades foram elaboradas a partir de situações evidenciadas pelas equipes. “Eles verificaram essa dificuldade nos atendimentos aos haitianos usuários da Política da Assistência Social no Centro de Referência de Assistência social”, disse. As ideias foram então encaminhadas para a UnC para elaboração do Projeto de Intervenção Social.

Também, com o aumento do fluxo migratório, observou-se a necessidade de criar mecanismo para facilitar a inserção dos mesmos no território, visto que são sujeitos de direitos com proteções asseguradas no ordenamento jurídico brasileiro. “Há necessidade de levar tal informação para esta população que por vezes desconhecem seus direitos e também seus deveres. Fato esse que acaba dificultando e impedindo-os de usufruir de uma inserção saudável  emancipatória, com dignidade e qualidade de vida, considerando também as diferenças culturais imbricadas nestas situações”, complementa a Assistente Social Sueli Iraci de Lima.

Para a diretora da Universidade do Contestado de Rio Negrinho, Marilene T. Stroka, o projeto está ancorado na questão humanitária, social e econômica e a parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social é de extrema importância, pois o projeto possibilita a busca de novas oportunidades profissionais, culturais e, principalmente, de um recomeço de vida para esses imigrantes.

Download das fotos em alta resolução
Carregando