Procon monitora preços abusivos no comércio de Rio Negrinho | Prefeitura de Rio Negrinho
Eu amo Rio Negrinho

Procon monitora preços abusivos no comércio de Rio Negrinho

12/05/2020 08:41

A Prefeitura de Rio Negrinho, por meio do Procon, informa que está monitorando os casos de preço abusivo de produtos no comércio do município. Principalmente, de álcool em gel e máscaras, que são produtos mais procurados e, por conta disso, algumas empresas tentam tirar proveito da situação.

 

De acordo com o coordenador do Procon Eduardo Manoel Hacke Ramos, é preciso tomar cuidado neste processo, pois alguns produtos aumentam, não de forma abusiva, mas por causa da cadeia de produção que faz com que, o produto fique um pouco mais caro até chegar no mercado. "Abusiva é aquele que a empresa pagava um valor X e vendia a um valor Y, e agora está pegando pelo mesmo valor e aumentou, colocou um lucro muito maior que estava aplicando antes. Mas se tem produtos que aumentou menos, 20, 30 centavos, isso não é um aumento abusivo neste momento. O que a gente está monitorando, realmente, é a questão dos preços abusivos", explica ele.

 

A ferramenta que está sendo utilizada, neste momento, para a pessoa que precisar fazer alguma reclamação é www.consumidor.gov.br, que é um site do Ministério da Justiça e está sendo monitorado pelo Procon Estadual. "A pessoa pode fazer a reclamação pelo site, pela internet, sem precisar sair de casa. Então é só acessar o site, ela faz o cadastro pessoal dela, relata o ocorrido, seleciona a empresa que ela está tendo problema e é dado uma resposta para ela em até 10 dias. Então, às vezes, é interessante tentar por essa plataforma primeiro, até para evitar sair de casa. Se caso não der certo, a pessoa pode procurar o Procon", completa Eduardo.

 

Em caso de dúvidas ou denúncias, o consumidor pode entrar em contato pelo telefone 47 3644-4014, pelo e-mail procon@rionegrinho.sc.gov.br no site www.consumidor.gov.br.

Download das fotos em alta resolução
Carregando