Eu amo Rio Negrinho

Secretaria de Agricultura solicita notas de 2019 aos produtores rurais

O prazo de entrega é até 20 de março, e possibilita que recursos fiquem no município
13/03/2020 09:46

A Prefeitura de Rio Negrinho solicita aos produtores rurais, que ainda não entregaram suas notas, encaminhe o mais breve possível para a Secretaria de Agricultura para que elas sejam lançadas e os valores repassados ao município. O prazo se encerra no dia 20 de março.

 

Segundo a responsável pelo bloco de nota da Secretaria de Agricultura Gisele Staffen os produtores precisam entregar as notas de 2019 até o dia 20 de março deste ano para que ela consiga, até o dia 31 do mesmo mês, digitá-las para o governo repassar o valor em cima delas no ano que vem. “Então eu peço a eles para trazer para conseguirmos lançar os dados e, em cima disso, é imposto é devolvido para a Prefeitura e a mesma investe em saúde, educação, lazer, esporte, turismo, infraestrutura. É um dinheiro bem importante para a nossa arrecadação”, explica.

 

Além do repasse ser importante para que a Prefeitura destine esses valores, o produtor depende ainda de comprovantes na hora de buscar recursos junto ao banco. “Na verdade prejudica o produtor, porque o produtor em cima desse valor que eu lanço ali, precisa fazer o Pronaf, precisa fazer empréstimos nos bancos e essas notas - não trazendo neste tempo hábil - são lançadas depois do dia 31 de março como canceladas no meu sistema. E daí, não vai aparecer o valor que ele tirou na lavoura no ano passado, não vai ter uma renda para fazer um empréstimo, fazer investimento, fazer um projeto em cima da propriedade dele”, alerta Gisele. 

 

Conforme a lei, a venda de produtos sem a nota fiscal é crime de sonegação, implicando em multas, bloqueio de valores e até prisão. De acordo com Gisele, a lei diz que o produtor precisa preencher a nota, mas se o mesmo tiver alguma dificuldade pode comparecer na Secretaria, para a mesma ajudá-lo a preencher, tendo depois um prazo de 60 dias, no máximo, para entregar. 

 

Gisele afirma que é importante o produtor tirar nota de tudo que entra e que sai de dentro da propriedade, porque em cima da nota, é possível ter uma estatística para quando é feito os cursos e saber a quem procurar. “Daí nós temos o produto por produtor. A gente entra em contato e convida para cursos em cima disso. Se o produtor vier pedir para mim um relatório das notas, eu consigo tirar toda a declaração dele, o que facilita ele não precisar levar todo o bloco de nota lá no contador para fazer a declaração”, aconselha .

 

Ela também lembra a importância da nota na hora da aposentadoria, que por meio da qual é descontado o Funrural e, assim, o produtor consegue provar que trabalhou no meio rural. “Então você, produtor rural, que ainda não me trouxe as notas que foram feitas em 2019, me traga elas até o dia 20 de março para o município não perder essa arrecadação”, conclui.

 

Download das fotos em alta resolução
Carregando