Eu amo Rio Negrinho

Prefeitura de Rio Negrinho lança projeto de Maker Tecnologia

Objetivo é ensinar programação aos estudantes da Rede Municipal de Ensino
10/03/2020 13:19

A Prefeitura de Rio Negrinho lançou uma nova oficina para rede municipal de ensino: Maker Tecnologia. O projeto é um criador de tecnologia, que visa fazer com que as crianças deixem de ser usuários da tecnologia e passem a criar tecnologia. O projeto teve início nesta semana, e atende estudantes do 6º e do 9º Ano.

 

O projeto Maker Tecnologia tem como objetivo despertar o interesse das crianças na área de tecnologia, o desenvolvimento do raciocínio lógico, trabalho em equipe e o pensamento computacional. O público alvo são crianças da rede municipal de ensino, do 6º ao 9º Ano, que terão aulas uma vez por semana, no contraturno escolar, de 1h30. As aulas serão ministradas pelos monitores de informática Adriana Simette Wantowski, Alvanir Ricardo Dums, Débora Hübner Ferreira de Lima e Michel Janesch. “Contamos com a presença das crianças”, convida o diretor do departamento de informática da Secretaria de Educação Jardel Denis Berti.

 

As atividades do projeto irão envolver a programação de computadores, em uma linguagem simples, onde os alunos aprenderão a ler conceitos da programação e como os programas de computadores são criados. As aulas serão práticas, onde os alunos irão trabalhar com criação de projetos, utilizando materiais alternativos, resíduos recicláveis e também reaproveitamento de peças, de equipamentos eletrônicos descartados.

 

Aliando a programação a estes projetos práticos, a Secretaria de Educação adquiriu o micro bit - placa programável criada na Inglaterra - justamente para trabalhar especificamente a programação com as crianças. “Essa placa vai possibilitar para as crianças trabalhar não só com a programação, mas já iniciando a robótica”, explica a monitora do laboratório de informática Débora Hübner Ferreira de Lima.

 

Para ela, este trabalho é importante devido ao constante avanço tecnológico nos dias atuais. “Nós precisamos inserir os nossos alunos, as nossas crianças, neste universo tecnológico, porque nós temos estudos já apontando que o avanço tecnológico que nós teremos nos próximos 10 anos será tão significativo que 85% das profissões que nós teremos em 2030, elas ainda não existem hoje. Elas irão surgir durante esses 10 anos, devido a esse grande avanço tecnológico que nós teremos”, destaca.

 

Preparados para o futuro

A ideia de ampliar a programação e levar para toda a Rede Municipal é do prefeito Julio Ronconi, que reconhece que a disciplina permitirá que as crianças possam ser iniciados na área da tecnologia, gerando uma expectativa de futuro ainda melhor para a cidade. “Muitas empresas da área de tecnologia precisam de programadores, de pessoas com conhecimento na área. E a partir do momento que oferecemos essa formação em nossas escolas, saímos na frente”, ressaltou ele. “Queremos permitir que as crianças da Rede Municipal tenham acesso ao aprendizado da programação desde já. E nossa ideia é criar um projeto de lei, para que isso se torne perene nas escolas”, completa o prefeito.

Download das fotos em alta resolução
Carregando