Eu amo Rio Negrinho

EMEBI Padre Cláudio Longen realiza festival de talentos

O evento reuniu a comunidade escolar em prol de divulgar a cultura e os talentos dos alunos
06/11/2018 15:26

Estimular as habilidades sociais, a autoconfiança e reduzir a tensão e o estresse corporal. Esses foram os objetivos buscados pela EMEBI Padre Cláudio Longen com as apresentações das turmas do 4º e 5º ano no Festival de Talentos. O evento que ocorreu na semana anterior foi organizado pelos professores Mauricio Antônio Oliveira, Claudia Maria Schoeffel e Iara Maria Heide Stoeberl e conquistou a comunidade escolar com performances variadas desde danças, teatro e até cantos.

Segundo a diretora Marli Aparecida Noronha da Silva Tezza, iniciativas como as apresentações culturais servem para que os alunos ainda consigam perceber como o corpo se apresenta no espetáculo, o olhar, a postura, os gestos ou, até mesmo, o relaxamento. “O Festival de Talentos também foi aberto para os funcionários, professores, alunos e pais como forma de estimular a interação, o convívio familiar, valorizar a cultura e ainda incentivar os talentos dos alunos”, ressalta.

O festival também fez com que os estudantes pudessem participar e conhecer vários processos da produção artística. O primeiro momento foi usado para reunir ideias, no qual os alunos puderam compartilhar conhecimentos entre os colegas. Já o segundo foi possível para que colocassem em prática o trabalhando em equipe para o melhor resultado da apresentação. “Isso é resultado de todo um trabalho que vem sendo realizado dentro da escola. Os professores sugeriram a ideia, mas foram os alunos que pensaram como iriam fazê-las”, conta. As apresentações ainda foram avaliadas nos critérios de performance, figurino e criatividade pelas juradas Angela Bergmann Alves de Jesus, professora da disciplina de Artes, Hevelin Hubl, professora da disciplina História, e Thais Emanuele Cordeiro, cantora e bailarina.

O evento ainda contou com apresentações especiais, como o próprio grupo de dança da escola com a coreografia “A Batalha dos Sete Mares”. Onde alunos ficaram responsáveis por encenar a defesa da marinha real contra os piratas saqueadores. A jurada Thais também contribuiu com voz e violão às apresentações. O grupo D-Evolution, que conquistou o 1º lugar na categoria sênior no Festival de Dança de Rio Negrinho deste ano, se apresentou com a coreografia “Um Novo Conto da Chapeuzinho”, coordenado pelo professor Mauricio Antônio Oliveira.

 

Download das fotos em alta resolução
Carregando